Blog do Dr. Alexandre Faisal

08/12/2009

O que as mulheres acham das duchas vaginais?

  O uso de duchas vaginais é comum entre muitas mulheres. Conhecer o que as mulheres pensam das duchas  é  fundamental já que os benefícios desta prática não são bem documentados. Pelo contrário, elas podem causar problemas

 Qual sua opinião sobre as duchas vaginais?  Clique aqui para votar  

Escute o aúdio abaixo ou leia o texto na íntegra

 

 

 

          O uso de duchas vaginais é muito comum entre as mulheres americanas. Principalmente entre mulheres de menor renda e escolaridade. O benefício da prática é altamente discutível e admite-se mesmo que além de não ser comprovadamente benéfica, a ducha vaginal pode, eventualmente, causar danos, se associando à doença inflamatória pélvica, gravidez nas trompas e parto prematuro.

          Mas o que pensam as mulheres que se ducham ?. Conhecer as percepções das usuárias de duchas vaginais foi o objetivo de um estudo realizado nos Estados Unidos, com mais de 500 mulheres com idade entre16 e 45 anos, a maioria delas de origem latina, afro-americana e caribenha. Primeira conclusão é que na busca por se sentirem, artificialmente, mais limpas e atraentes, principalmente após as relações sexuais e as menstruações, as mulheres recorrem a diversos produtos comerciais, cuja segurança é pouco documentada. Dentre os produtos caseiros, a diluição do vinagre em água é a campeã de preferência, ainda que isto seja contra-indicado, por exemplo, na candidíase vaginal. Neste caso é como colocar lenha na fogueira. 

          A segunda conclusão é de que as mulheres que usam e abusam das duchas acreditam firmemente na segurança e benefício do procedimento. Mas que elas estão dispostas a abandonar a prática se forem orientada pelos seus médicos. Isto mesmo, se o médico desencorajar a mulher a usar as duchas, elas muitas vezes acatam a orientação.

           Bem para isto elas vão ter que acreditar que não se melhora, artificialmente, o que já é belo e perfeito por natureza. (Mckee, Baquero, Fletcher, 2009. Women & Health)

Escrito por Dr. Alexandre Faisal às 18h39

Sobre o Autor

Alexandre Faisal é ginecologista-obstetra, pós-doutor pela USP. Formado em Psicossomática pelo Instituto Sedes publicou o livro "Ginecologia Psicossomática" (Editora Atheneu). Participou do programa "Olha Você" do SBT e atualmente é colunista da Rádio USP (FM 93.7) e da Rádio Bandeirantes (FM 90.9). Já realizou diversas palestras médicas no país e no exterior. Apresenta palestras culturais em empresas sobre temas que tratam do universo feminino (Amantes na Arte, Mentes Inovadoras, O Erotismo).

Sobre o Blog

Acompanhe os boletins do "Saúde feminina: um jeito diferente de entender a mulher" que discutem os assuntos que interessam às mulheres e seus parceiros. Uma abordagem didática e bem-humorada das mais recentes pesquisas nacionais e internacionais sobre temas como gravidez, métodos anticoncepcionais, sexualidade, saúde mental, menopausa, adolescência, atividades físicas, dieta, relacionamento conjugal, etc. Aproveite.

Livro

Alexandre Faisal é coautor do livro "Segregos de Mulher - Diálogos entre um ginecologista e um psicanalista"



(Alexandre Faisal Cury e Rubens Marcelo Volich, Ed. Atheneu).

Histórico