Blog do Dr. Alexandre Faisal

22/12/2010

Ranking de problemas sexuais na Noruega

   Bem estar psicológico está associado também à qualidade da vida sexual. Um estudo norueguês mostra quais são as principais dificuldades na esfera da sexualidade. E como isso interfere no humor das pessoas 

    Como você classifica sua vida sexual?  Clique aqui para votar 

    Escute o aúdio abaixo ou leia o texto na íntegra

   

   

       

 

            Como anda a vida sexual das mulheres e dos homens noruegueses?. Um estudo recente tem algumas respostas que podem interessar as mulheres brasileiras e aos seus parceiros, obviamente. Então vamos aos principais resultados da pesquisa iniciada em 2008, que se baseou em duas amostras: uma obtida por meio de entrevista, pela web, com mais de 1600 participantes e outra, com uma amostra obtida ao acaso de mulheres com idade entre 18 e 59 anos. Eles avaliaram os problemas sexuais relativos aos 12 meses passados. 

            A maior freqüência de problemas por ordem decrescente foi obsevada nos seguintes grupos: 52% de casos de diminuição do desejo, em mulheres, entre 60 e 67 anos, que tinham formação universitária, seguida pela falta de orgasmo em mulheres, com idades entre 18 e 29 anos, que não chegaram ao curso superior. Aí, surgem neste ranking os primeiros problemas masculinos: a disfunção erétil, em homens, entre 60 e 67 anos de idade, com 34% e a ejaculção prematura, em homens com ensino superior, com 27% de casos. Para completar esta lista de problemas sexuais masculinos: houve 12% de queixas de ejaculação retardada, em homens sem grau universitário.

             Um dado mais do que esperado é que para todos os tipos de queixas sexuais houve uma associação com o prejuízo do bem estar psicológico. Embora seja possível ter vida saudável e feliz sem sexo, com sexo, fica tudo mais fácil. E neste caso não precisa ser norueguês para mostrar o óbvio. (Traeen B, Stigum H. Sexual problems in 18-67-year-old Norwegians. Scand J Public Health. 2010 Jul;38(5):445-56).

Escrito por Dr. Alexandre Faisal às 00h04

Sobre o Autor

Alexandre Faisal é ginecologista-obstetra, pós-doutor pela USP. Formado em Psicossomática pelo Instituto Sedes publicou o livro "Ginecologia Psicossomática" (Editora Atheneu). Participou do programa "Olha Você" do SBT e atualmente é colunista da Rádio USP (FM 93.7) e da Rádio Bandeirantes (FM 90.9). Já realizou diversas palestras médicas no país e no exterior. Apresenta palestras culturais em empresas sobre temas que tratam do universo feminino (Amantes na Arte, Mentes Inovadoras, O Erotismo).

Sobre o Blog

Acompanhe os boletins do "Saúde feminina: um jeito diferente de entender a mulher" que discutem os assuntos que interessam às mulheres e seus parceiros. Uma abordagem didática e bem-humorada das mais recentes pesquisas nacionais e internacionais sobre temas como gravidez, métodos anticoncepcionais, sexualidade, saúde mental, menopausa, adolescência, atividades físicas, dieta, relacionamento conjugal, etc. Aproveite.

Livro

Alexandre Faisal é coautor do livro "Segregos de Mulher - Diálogos entre um ginecologista e um psicanalista"



(Alexandre Faisal Cury e Rubens Marcelo Volich, Ed. Atheneu).

Histórico