Blog do Dr. Alexandre Faisal

09/03/2012

As mulheres conhecem os fatores de risco para câncer de mama?

      Além da história familiar, existem outros fatores de risco para câncer de mama. Um  estudo brasileiro mostra se as mulheres conhecem ou não estes fatores. 

     Você conhece os fatores de risco para câncer de mama?  Clique aqui para votar 

        

 

 

          No Brasil, as taxas de mortalidade por câncer de mama aumentaram nas últimas  décadas, passando de 9,9/100.000, no ano de 1987 para 11,6/100.000  mulheres em 2007. Além da história familiar, outros fatores aumentam a chance da mulher vir a ter o problema: ganho de peso excessivo após os 18 anos de idade, sobrepeso ou obesidade após a menopausa, utilização de terapias hormonais, o sedentarismo, o tabagismo e o consumo diário de bebidas alcoólicas. E muitas mulheres se preocupam com a prevenção. Mas será que elas sabem quais são os chamados fatores de risco para o câncer mamário?. Ou, em outros termos, elas sabem se estão no grupo de alto risco?.

           Um estudo brasileiro investigou o conhecimento e prática sobre os estes fatores de risco. Participaram 393 mulheres com idades entre 40 e 69  anos usuárias da Estratégia da Saúde da Família na cidade de Dourados, em MS. Realizou-se uma entrevista, por meio de um questionário semi-estruturado. As mulheres tinham média de idade de 52 e o tempo médio de estudo foi de 4/5 anos. Entre as mulheres, 86,5% receberam alguma  informação sobre o câncer de mama. Os fatores de risco para a doença  eram conhecidos por pouco mais da metade das participantes. Ter alguém com câncer na família e ter mais anos de estudo se associou, obviamente, com maior conhecimento. A má notícia é que apenas metade das mulheres adotava práticas preventivas.

           Resumo da história, a maioria das mulheres possui conhecimento reduzido acerca dos fatores de risco para o câncer de mama, e entre as mulheres que conheciamm ao menos um fator de risco, a adoção de práticas preventivas para os mesmos ainda é pequena. Isso indica que, infelizmente, o conhecimento dos fatores de risco não é suficiente para iniciar  mudança de hábitos e comportamentos. Neste caso, não basta conhecer, tem também que usar o conhecimento. (Batiston et al. Conhecimento e prática sobre os fatores de risco para o câncer de mama entre mulheres de 40 a 69 anos  Rev. Bras. Saúde Matern. Infant., 11 (2): 163-171, 2011)

 

    

     

     

    

 

  

    

   

    

 

Escrito por Dr. Alexandre Faisal às 18h41

Sobre o Autor

Alexandre Faisal é ginecologista-obstetra, pós-doutor pela USP. Formado em Psicossomática pelo Instituto Sedes publicou o livro "Ginecologia Psicossomática" (Editora Atheneu). Participou do programa "Olha Você" do SBT e atualmente é colunista da Rádio USP (FM 93.7) e da Rádio Bandeirantes (FM 90.9). Já realizou diversas palestras médicas no país e no exterior. Apresenta palestras culturais em empresas sobre temas que tratam do universo feminino (Amantes na Arte, Mentes Inovadoras, O Erotismo).

Sobre o Blog

Acompanhe os boletins do "Saúde feminina: um jeito diferente de entender a mulher" que discutem os assuntos que interessam às mulheres e seus parceiros. Uma abordagem didática e bem-humorada das mais recentes pesquisas nacionais e internacionais sobre temas como gravidez, métodos anticoncepcionais, sexualidade, saúde mental, menopausa, adolescência, atividades físicas, dieta, relacionamento conjugal, etc. Aproveite.

Livro

Alexandre Faisal é coautor do livro "Segregos de Mulher - Diálogos entre um ginecologista e um psicanalista"



(Alexandre Faisal Cury e Rubens Marcelo Volich, Ed. Atheneu).

Histórico