Blog do Dr. Alexandre Faisal

03/09/2012

Osteoporose: 41% das mulheres americanas fazem exame de densitometria sem necessidade

     Osteoporose é um problema muito sério para as mulheres na terceira idade. Um estudo americano avalia se o diagnóstico e tratamento da osteoporose estão adequados em mulheres na pós-menopausa

    Você sabe quando fazer a densitometria óssea ?  Clique aqui para votar

   

   

  

         Osteoporose é um sério problema que acomete homens, mas principalmente mulheres após os 65 anos. Embora assintomática, na maioria das vezes, resulta num grande risco de fraturas de diferentes ossos: coluna, membros, quadril. O diagnóstico precoce do problema é feito, via de regra, por meio de exame denominado densitometria óssea. Existem orientações específicas sobre a época de realização do exame, sendo que dados pessoais, tais como idade, história de osteoporose na família, uso de determinados medicamentos, índice de massa corporal, fraturas prévias são levados em conta nestas orientações.

          Pois bem, um estudo americano procurou avaliar se as mulheres pós-menopausadas, com mais de 49 anos, seguidas numa coorte estavam seguindo estas recomendações para prevenção da osteoporose. E as notícias não são animadoras. 615 mulheres participaram, sendo que 41% das que fizeram o exame não tinham indicação de fazê-lo. Neste grupo de mulheres, muitas não estavam usando nem cálcio, nem Vitamina D e pior ainda, não se exercitavam nem meia hora por semana. Para piorar, dentre as mulheres com indicação formal de tratamento, cerca de 17% não tomavam nem cálcio, nem Vitamina D e 35% não estavam recebendo nenhum tratamento para osteoporose. Ainda neste grupo de mulheres, apenas metade se exercitava duas horas por semana.

          Mas há ainda um resultado mais surpreendente: 17% das mulheres sem indicação de tratamento estavam recebendo algum tipo de medicação para osteoporose. Como se vê, em relação à osteoporose, tem mulher deixando de receber tratamentos necessários e tem mulher recebendo aquilo que não precisa (Schnatz et al. Osteoporosis screening and treatment guidelines: are they being followed?. Menopause 18 (10), 1072-8, 2011)

   

 

   

  

  

 

Escrito por Dr. Alexandre Faisal às 23h24

Sobre o Autor

Alexandre Faisal é ginecologista-obstetra, pós-doutor pela USP. Formado em Psicossomática pelo Instituto Sedes publicou o livro "Ginecologia Psicossomática" (Editora Atheneu). Participou do programa "Olha Você" do SBT e atualmente é colunista da Rádio USP (FM 93.7) e da Rádio Bandeirantes (FM 90.9). Já realizou diversas palestras médicas no país e no exterior. Apresenta palestras culturais em empresas sobre temas que tratam do universo feminino (Amantes na Arte, Mentes Inovadoras, O Erotismo).

Sobre o Blog

Acompanhe os boletins do "Saúde feminina: um jeito diferente de entender a mulher" que discutem os assuntos que interessam às mulheres e seus parceiros. Uma abordagem didática e bem-humorada das mais recentes pesquisas nacionais e internacionais sobre temas como gravidez, métodos anticoncepcionais, sexualidade, saúde mental, menopausa, adolescência, atividades físicas, dieta, relacionamento conjugal, etc. Aproveite.

Livro

Alexandre Faisal é coautor do livro "Segregos de Mulher - Diálogos entre um ginecologista e um psicanalista"



(Alexandre Faisal Cury e Rubens Marcelo Volich, Ed. Atheneu).

Histórico