Blog do Dr. Alexandre Faisal

30/09/2012

Vítimas do namoro pela internet

Você é do tipo de pessoa que se apaixona pela internet?. Um estudo no Reino Unido mostra o perigo de encontrar uma paixão pela rede

Você namoraria alguém que você conheceu pela internet?  Clique aqui para votar

        

          Você é do tipo de mulher que se apaixona pela internet?. Que acredita que pode encontrar um príncipe encantado “on-line”?. Pois bem, escute o que um estudo feito no Reino Unido tem a lhe dizer. Segundo a pesquisa mais de 200 mil britânicos já foram vítimas de golpes em namoros pela internet. O número é muito superior ao que estimativas anteriores haviam indicado. A estratégia é simples: claro, os golpistas usam dados falsos e fotos de outras pessoas, e tentam de imediato desenvolver uma relação romântica com as vítimas. Sites de relacionamento social ou de encontros são o caminho mais empregado. Mas depois de um começo romântico e legal a coisa começa a complicar: os criminosos alegam problemas financeiros urgentes e pedem ajuda. E tem gente que dá o que eles pedem; dinheiro na maioria das vezes, até que finalmente descobrem que foram vítimas de um golpe.

          A pesquisa conduzida por pesquisadores da Universidade de Leicester e da Universidade de Westminster mostra que 52% dos entrevistados disseram conhecer golpes deste tipo e 2% conheciam pessoalmente alguém que havia sido vítima. As estimativas reforçam dados de outra agência de combate à fraude: mais de 590 vítimas de golpes românticos “on line” entre 2010 e início de 2011. Alguns apaixonados e algumas apaixonadas perderam mais de 14 mil. Além do prejuízo econômico, o desgaste emocional e psicológico de descobrir que seu George Clooney é um falsário ou que sua Julia Roberts é larápia qualquer.

          Pior ainda, os falsários não chegam a ser denunciados, já que passar por romântico ou romântica até que tudo bem, mas por otário ou otária ninguém gosta. É dá para vez, se for se apaixonar evite a internet (Whitty MT, Buchanan T. The Online Romance Scam: A Serious Cyber-Crime.  Cyberpsychol Behav Soc Netw. 2012)

 

 

 

Escrito por Dr. Alexandre Faisal às 21h36

Sobre o Autor

Alexandre Faisal é ginecologista-obstetra, pós-doutor pela USP. Formado em Psicossomática pelo Instituto Sedes publicou o livro "Ginecologia Psicossomática" (Editora Atheneu). Participou do programa "Olha Você" do SBT e atualmente é colunista da Rádio USP (FM 93.7) e da Rádio Bandeirantes (FM 90.9). Já realizou diversas palestras médicas no país e no exterior. Apresenta palestras culturais em empresas sobre temas que tratam do universo feminino (Amantes na Arte, Mentes Inovadoras, O Erotismo).

Sobre o Blog

Acompanhe os boletins do "Saúde feminina: um jeito diferente de entender a mulher" que discutem os assuntos que interessam às mulheres e seus parceiros. Uma abordagem didática e bem-humorada das mais recentes pesquisas nacionais e internacionais sobre temas como gravidez, métodos anticoncepcionais, sexualidade, saúde mental, menopausa, adolescência, atividades físicas, dieta, relacionamento conjugal, etc. Aproveite.

Livro

Alexandre Faisal é coautor do livro "Segregos de Mulher - Diálogos entre um ginecologista e um psicanalista"



(Alexandre Faisal Cury e Rubens Marcelo Volich, Ed. Atheneu).

Histórico