Blog do Dr. Alexandre Faisal

14/02/2013

Crescem os pedidos maternos de cesariana na Suiça

    

 

 

 

 

 

 

 

Na sua opinião, o número de cesarianas no Brasil vai...?. Clique aqui para votar

 

          Um tema muito atual em obstetrícia é a cesariana a pedido da gestante. Em inglês “cesarian on demand”. Ou seja, a gestante pede ao seu obstetra que eja submetida à cesariana sem que haja nenhuma indicação médica. Uma prática frequente no Brasil, mas pouco comum em países europeus que tradicionalmente incentivam partos naturais. Como, por exemplo, a Suíça. Bem, este cenário começa a mudar lá também. Aos poucos, mas já preocupa. Isso é o que mostra uma pesquisa conduzida pela pesquisadora Sibil Tschudin que revisou prontuários de um centro de cuidados terciários, entre os anos de 2002 a 2008. Resultado mais importante mostra que o número de cesarianas subiu de 23,3% em 2002 para 27,5% em 2008.

          Mais ainda, entre todos os partos, a taxa de cesariana por solicitação materna aumentou significativamente, de 2.1% para 5.1%. Mas isso era mais evidente no grupo de mulheres que já haviam tido uma cesariana prévia. Outro dado que chama a atenção e explica uma parte deste fenômeno é o número de cesarianas em função de uma experiência obstétrica prévia considerada traumática. Mais de 1% das mulheres se encaixavam neste perfil.

          Como se vê, também na Suíça há uma preocupação com o aumento de cesarianas e do pedido de cesarianas pelas pacientes, principalmente naquelas que já tiveram este tipo de parto. Não chega ser um consolo, mas neste caso, os obstetras brasileiros não estão sozinhos nesta difícil tarefa de lidar com a cesariana a pedido: eles estão bem acompanhados dos obstetras suíços. (Kottmel, Tschudin et al. Maternal request: a reason for rising rates of cesarean section?. Arch Gynecol Obstet (2012) 286:93–98)

 


 

Escrito por Dr. Alexandre Faisal às 14h00

Sobre o Autor

Alexandre Faisal é ginecologista-obstetra, pós-doutor pela USP. Formado em Psicossomática pelo Instituto Sedes publicou o livro "Ginecologia Psicossomática" (Editora Atheneu). Participou do programa "Olha Você" do SBT e atualmente é colunista da Rádio USP (FM 93.7) e da Rádio Bandeirantes (FM 90.9). Já realizou diversas palestras médicas no país e no exterior. Apresenta palestras culturais em empresas sobre temas que tratam do universo feminino (Amantes na Arte, Mentes Inovadoras, O Erotismo).

Sobre o Blog

Acompanhe os boletins do "Saúde feminina: um jeito diferente de entender a mulher" que discutem os assuntos que interessam às mulheres e seus parceiros. Uma abordagem didática e bem-humorada das mais recentes pesquisas nacionais e internacionais sobre temas como gravidez, métodos anticoncepcionais, sexualidade, saúde mental, menopausa, adolescência, atividades físicas, dieta, relacionamento conjugal, etc. Aproveite.

Livro

Alexandre Faisal é coautor do livro "Segregos de Mulher - Diálogos entre um ginecologista e um psicanalista"



(Alexandre Faisal Cury e Rubens Marcelo Volich, Ed. Atheneu).

Histórico